sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Era uma vez , uma princesa
Bonita por natureza
Que desejava ter um brinco diferente
Então um mago nada inocente

Presenteou esta donzela
Com uma jóia bela ,
Mágica , maravilhosa e formosa :
Um brinco de quartzo rosa !

Mas num lindo dia
Repleto de poesia
A princesa estava dançando no jardim 
Numa inspiração sem fim

Quando entre o jasmim e a rosa vermelha 
O brinco caiu da sua suave orelha

Desaparecendo no meio daquela fértil terra
Então , naquela noite de primavera 
Bem naquele jardim da nova era
Nasceu uma planta chamada brinco–de–princesa
Com toda a suavidade e sutileza . 
(Luciana do Rocio Mallon)

Nenhum comentário:

Postar um comentário